quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Convivendo com a fera!



Os atores de cinema norte-americanos Tippi Heldren, Noel Marshall e sua filha Melanie Griffith passaram boa parte de suas vidas em sítio, na Califórnia, onde dividiam os cômodos da casa, e até mesmo a cama, com um leão.

Durante uma viagem para a África, nos anos 70, a família conheceu uma casa abandonada que havia sido ocupada por leões, e foi a partir desta cena, que surgiu a vontade de produzir um filme.

O objetivo do filme era conscientizar as pessoas sobre a extinção de leões e tigres. Mas, para isso, eles precisavam aprender de perto como estes animais viviam.

Então, eis que surge Neil, um leão dócil que fez parte da rotina da casa e da família por muitos anos. Até parecia um animal de estimação (mas só quando não mostrava os dentes), ele brincava e até dormia com a família. 

Após acreditarem já ter aprendido a conviver com o animal, eles deram início à gravação de Roar. Na trama, um pesquisador vivia em sua casa com 150 animais selvagens, entre leões e tigres, quando sua família foi visitá-lo, resultando em uma carnificina total.

O filme custou US$ 17,5 milhões (R$ 42 milhões) para ser produzido e rendeu apenas US$ 2 milhões (R$ 4,78 milhões) na bilheteria.

Confira algumas fotos desta convivência, registradas por Michael Rougier da LIFE!












Fonte: Hypeness