terça-feira, 20 de maio de 2014

Arte produzida por pacientes de Curitiba é exposta em NY



Cobras engolindo elefantes, raposas que falam e viagens a planetas distantes. Toda a magia do universo de O Pequeno Príncipe foi a inspiração para o projeto Criando Laços, viabilizado pela Lei Rouanet e desenvolvido no Hospital Pequeno Príncipe em Curitiba, que chega agora até Nova York.

Em comemoração aos 70 anos do clássico da literatura infantojuvenil de Antoine de Saint-Exupéry, o projeto lançado no início do ano reúne diversas atividades culturais para convidar os pacientes da instituição e o público externo a explorarem o universo fantástico do livro que encanta leitores por todo o mundo.



Algumas das obras feitas pelos pacientes foram selecionadas para ser expostas, a partir do dia 21 de maio, na sede da Organização das Nações Unidas (ONU) em Nova York e, a partir do dia 20, na Praça do Bibinha, no Hospital Pequeno Príncipe.

Para além dos muros da instituição, um grande mural transformou as paredes do prédio da Emergência SUS com um grafite inspirado no clássico. O artista plástico, especializado em painéis de grandes formatos, André Mendes, apresenta para a cidade os personagens da obra. 

E ainda, um catálogo que reúne uma seleção de obras das crianças junto com histórias e depoimentos sobre o projeto também foi produzido e estará disponível em versão bilíngue em ambas as exposições. 


Serviço: Exposição Criando Laços
Data: de 20 de maio a 6 de junho
Local: Praça do Bibinha- Hospital Pequeno Príncipe
Horário: abertura dia 20 às 15h
Visitas das 9h às 17h