terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Para Sempre - A História que Inspirou o Filme

Realidade e ficção de uma história de amor

A minha primeira leitura do ano foi “Para Sempre” a história real de amor do casal Kim e Krickitt Carpenter, que inspirou o filme homônimo estrelado por Channing Tatum e Rachel McAdams. A trama começa com um romance água com açúcar que é interrompido pelo acidente em que Krickitt teve uma grave lesão na cabeça, perdeu a memória mais recente e não lembra quem é o seu marido.

Em meio ao tratamento de Krickitt, Kim também tenta se recuperar de algumas lesões, mas preocupado com a esposa, nunca pensa em abandoná-la, nem mesmo quando ela diz o odiar. Ele pretender honrar seus votos de casamento, em que prometeu estar junto de sua mulher mesmo em tempos difíceis. Bem ao estilo “Como se fosse a primeira vez”, Kim a conquista aos poucos, e mesmo não recuperando a memória, ela se apaixona por ele novamente.

Essa é uma das poucas obras em que eu preferi a versão do filme ao livro, mesmo que o longa tenha sofrido algumas distorções. O autor peca em não se distanciar do enredo ao escrevê-lo, afinal temos que admitir, quando estamos envolvidos em uma história ela pode nos parecer muito mais interessantes do que realmente é. Como escritor, Kim tem muito a melhorar em sua narrativa, que é repetitiva e cansativa, mesmo assim virou best seller.

A mídia teve presença constante na vida do casal, eles apareceram em inúmeros jornais e programas de televisão, inclusive no da Oprah Winfrey. No segundo casamento, uma confirmação de votos já que Krickitt não lembrava do primeiro, vários repórteres e fotógrafos estavam presentes, pelo menos do lado de fora esperando a imagem do casal que venceu as dificuldades e continua se amando.

São 144 páginas, uma leitura rápida, com uma história interessante mas mal aproveitada, na classificação do blog fica apenas com duas estrelinhas.








Para Sempre - A História que Inspirou o Filme

Autores: Kim e Krickitt Carpenter

Número de páginas: 144

Editora: Novo Conceito

Edição: 2012

Classificação do Blog: