segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Lugares abandonados registrados pelo fotógrafo Dan Marbaix



Curiosidade que leva a explorar e fotografar lugares abandonados. Esse é o trabalho do fotógrafo britânico Dan Marbaix, de 33 anos. Ele começou a vida profissional como vendedor e, por ser obrigado a viajar constantemente, se interessou pela fotografia, e viu que podia aliar as duas áreas, passando a registrar de asilos a escolas abandonadas.

Hoje em dia, ele largou o antigo emprego e se tornou fotógrafo, e em julho lançou seu primeiro livro "States of Decay: Urbex New York", feito em parceria com o também fotógrafo Daniel Barter. A obra aborda a desolação em alguns Estados norte-americanos, principalmente em N.Y.

"Estive em castelos abandonados e casas senhoriais que passavam a impressão de que as pessoas haviam acabado de se levantar e deixar aqueles locais", diz Marbaix. "Esses tipos de lugares são ótimos para se fotografar, te deixam pensar sem que humanos fiquem entrando em seu caminho", completa o artista.

Mas, nem tudo são flores, Dan já foi detido várias vezes e questionado pela polícia e seguranças desconfiados. Mas, comenta que o vazio desses lugares não o deixam deprimido. "Geralmente vou com um amigo, Daniel Barter, ou em um pequeno grupo, porque é muito mais seguro do que ir sozinho. Mas eu gosto da solidão desses lugares. Eu costumava trabalhar em Londres, e os prédios abandonados davam um elemento de paz e quietude à minha vida. Alguns são realmente assustadores e depressivos, mas eu me sinto privilegiado por poder documentá-los em fotografias", afirma.










Fonte: Folha de S. Paulo.