segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Cineasta Bruno Barreto participa de bate-papo



O cineasta Bruno Barreto participa do projeto Juliette Convida, e bate-papo com os curitibanos na próxima quarta-feira (11), no Teatro da Caixa (R. Conselheiro Laurindo, 280, centro), às 20h.

O carioca já foi indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro, "O Que é isso Companheiro?", de 1997, dirigiu trabalhos no Brasil e nos Estados Unidos, e foi responsável por uma das maiores bilheterias do cinema nacional com "Dona Flor e seus Dois Maridos".

No evento Barreto vai exibir o making of do seu novo filme "Flores Raras", e seguirá com o tema "Cinema e gêneros narrativos". A entrada é franca e os ingressos serão distribuídos na bilheteria a partir das 19h.

Bruno Barreto é filho de produtores cinematográficos, e teve contato com a sétima arte desde cedo, o que incentivou sua carreira iniciada na pré-adolescência. Dos 12 aos 16 anos, dirigiu um curta-metragem por ano. Aos 17 estreou no formato longa-metragem com “Tati, a Garota”, dois anos depois filmou “A Estrela Sobe”

Chegou ao seu maior sucesso com apenas 21 anos, quando adaptou para o cinema a obra de Jorge Amado, “Dona Flor e Seus Dois Maridos” (em 1976), que levou 10,7 milhões de pessoas aos cinemas e foi, por 34 anos, a maior bilheteria do cinema nacional.