sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Literatura, amor e guardanapos



Antônio, personagem do romance em construção do publicitário Pedro Gabriel, de 29 anos, tem sua história contada, em um livro de arte, por meio de guardanapos. O amor, a desilusão e o recomeço que se passa em 1001 noites em mesas de bar. O projeto do livro será assinado por MarianaNewlands, e a publicação pela Intrínseca está prevista para novembro. 

Gabriel costuma rabiscar tudo o que vê pela frente, até o dia em que estava em um bar, pediu um chope e um sanduíche, e começou a rabiscar guardanapos, e por algum motivo, fotografou. Depois de alguns dias percebeu que tinha um pilha de guardanapos na gaveta.

Decidiu compartilhar suas frases e encontrou como mídia o Tumblr, depois o facebook, e assim caiu na graça de mais de 260 mil leitores, tais leitores que verão os rabiscos do poeta nas páginas de um livro.

E vai dizer que você também nunca fez isso? Pegar aquele guardanapo sozinho, achar uma caneta, e simplesmente rabiscar? Pois é, eu já fiz, nada igual ao do Pedro Gabriel, mas eu os guardo com carinho.

Fonte de informação: Editora Intrínseca.