terça-feira, 11 de junho de 2013

No Escurinho do Cinema...



Na semana dos dias dos namorados vou aproveitar minha sessão aqui no Blog para falar do ultimo filme que assisti. Não é nenhum lançamento - o que não quer dizer nada, mas que realmente vale a pena. Um filme onde o amor está em todos os momentos. E não só o amor entre um casal, mas o amor à vida, muitas vezes desprezada pela rotina incessante do dia.

Baseado no consagrado livro de Kazuo Ishiguro (The Remains of the Day), Não Me Abandone Jamais (Never Let Me Go, 2010) conga a tocante historia de Kathy (Carrey Mulligan), Ruth (Keira Knightley) e Tommy (Andrew Garfield) - clones geneticamente criados para mais tarde doarem ser órgãos aos 'Originais'. Ao descobrirem essa terrível verdade, o que lhes resta é viver o amor que sentem um pelo outro. Uma análise intrigante sobre a humanidade e seus valores.

O amor sempre me intrigou. É meio inconcebível para mim achar que alguém conseguiu encontrar sua alma gêmea. Sério!!! São mais de 7 bilhões de pessoas nesse mundo, para milhares encontrarem seu verdadeiro amor no bairro vizinho. Se eu acho que o amor existe? Essa pergunta é muito complexa e fica para um próximo post, o que posso afirmar é que no cinema o amor é lindo.

Com um elenco afinadíssimo, direção impecável e Mark Romanek o filme consegue emergir em uma atmosfera que poucos conseguiram. Fotografia espetacular e o que dizer dos atores mirins. Poderia ter ficado horas vendo a vida deles na infância controlada do colégio interno. As pessoas ficam tão presas em suas 'vidinhas' descoladas, absorvendo a descoladez dos outros que acabam por não apreciar o que de mais belo a vida tem: o amor. Feliz Dia dos Namorados, Estranho ao meu modo!