segunda-feira, 22 de abril de 2013

Festival de Literatura em Curitiba

Romancista português Gonçalo M. Tavares 


Festival Litercultura em Curitiba! É isso mesmo, a capital paranaense vai sediar, entre os dias 16 e 18 de agosto, a primeira edição do evento. O tema principal será a leitura, os convidados da literatura nacional e internacional irão falar sobre suas experiências como autores, e principalmente como leitores. 

Segundo o curador do festival, Mário Hélio Gomes, o evento está sendo moldado a partir do gosto crescente da cidade por leitura. “Percebo que há um interesse crescente, um grande número de experiências públicas e privadas de disseminação de livros". Ele revela que a conferência do escritor sul-africano J. M. Coetzee, vencedor do Prêmio Nobel de Literatura em 2003, realizada em Curitiba, serviu como “prólogo” do formato do Liter­cultura.

“Queremos um festival não apenas de literatura e escritores. Todo tipo de promoção precisa atingir não só aqueles que já têm o hábito da leitura, mas os que têm potencial para adquiri-lo. O leitor não está pronto, precisa ser formado”, justifica Gomes e complementa explicando o  nome do evento: “A literatura inserida na cultura com foco na leitura. A palavra contém uma pergunta e sua resposta.”.

Coordenado pela editora Manoela Leão, o projeto tem patrocínio do Banco Itaú, captado por meio da Lei Rouanet, e apoio institucional da Fundação Cultural de Curitiba (FCC) e da RPC TV. A intenção da curadoria é que o festival se distribua pelas ruas, bares e cafés do setor histórico da cidade “aproveitando a atmosfera boêmia” da região, mas o local principal será o Palácio Garibaldi, no bairro São Francisco.

Entre as atrações já confirmadas está o prestigiado romancista português Gonçalo M. Tavares, que deve ministrar duas oficinas "mostrando a literatura por dentro: da escrita criativa à leitura".A atual presidente da Academia Brasileira de Letras (ABL), Ana Maria Machado, também está escalada para uma palestra sobre a palavra como “a matéria-prima da literatura”.O jornalista e escritor Silio Bocanera é outro convidado confirmado e falará sobre seu trabalho como entrevistador de alguns dos principais escritores do mundo.Além desses, os organizadores pretendem trazer alguns autores do Uruguai, Argentina, Colômbia e Chile.

Fonte de informação: Jornal Gazeta do Povo