terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

A energia do grito dos torcedores

Estudantes de engenharia de Minas Gerais estão desenvolvendo um projeto que promete converter o grito dos torcedores nos estádio em energia elétrica. A ideia é espalhar receptores que são revestidos por uma espécie de manta, capaz de vibrar ao entrar em contato com ondas sonoras que tenham entre 90 e 100 decibéis, potência que um estádio lotado alcançaria tranquilamente. Assim a energia de movimento gerada na manta por meio dos gritos, é convertida em eletricidade, que pode abastecer o próprio local durante as competições.

De acordo com os estudantes, uma torcida empolgada com cerca de 15 mil pessoas é capaz de gerar a demanda elétrica do estádio nos 90 minutos de jogo. E eles estudam também, a criação de gincanas para desafiar as torcidas rivais a aumentar a empolgação e a energia.

Por enquanto, a ideia está só no papel, mas os engenheiros já estão atrás de patrocínio para colocar em prática na Copa do Mundo de 2014. E se der certo, pode ser aplicado em outros locais com bastante barulho, como baladas e autódromos. 


Fonte: Revista Super Interessante