sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

69 anos de Sebastião Salgado




Hoje (08) um dos fotojornalistas mais bem conceituados, completa 69 anos, Sebastião Salgado nasceu na cidade de Aimorés, Minas Gerais, em 1944. Formado em Economia, teve seu encontro com a fotografia, em uma viagem à África, aos 29 anos, com a câmera de sua esposa, Lélia Wanick Salgado. E com a fotografia descobriu uma ótima forma de denunciar as desigualdades, principalmente as econômicas, e mostrar as camadas mais desfavorecidas da sociedade.

Adepto das fotos preto e branco, começou seus trabalhos fotográficos como free lance, depois passou pelas principais agências fotográficas da Europa. Até chegar na Magnum Photos, em 1979, e realizar as fotos documentais sobre camponeses latino-americanos, durante sete anos. E assim surgiu seu primeiro livro, Outras Américas (1996).

Sebastião possui pelo menos dez livros publicado e incontáveis exposições e prêmios, recebidos na Europa e na América.  Um dos temas a que ele se dedicou, foi a imigração massiva no mundo inteiro, e desse projeto (1993 a 1999) originou à obra Exôdo e Retratos de Crianças do Êxodo (2000). Graças ao segundo esse livro, Salgado foi indicado para ser representante especial do UNICEF (Fundos das Nações Unidas para a Infância), que tem como meta proteger os direitos infantis.


Obras:


Trabalhadores (1996) 
Terra (1997) 
Serra Pelada (1999) 
Outras Américas (1999) 
Retratos de Crianças do Êxodo (2000) 
Exodos (2000) 
O Fim do Pólio (2003) 
Um Incerto Estado de Graça (2004) 
O Berço da Desigualdade (2005) 
África (2007) 





Fotografias - Sebastião Salgado